1887
Surveillance report Open Access
Like 0
This item has no PDF Download

Abstract

A malária não é endémica na Alemanha, mas representa uma das mais frequentes doenças infecciosas importadas. O número de casos importados aumentou de 1994 a 1996 (figura 1) (1-4); em 1997, de acordo com dados preliminares, houve um total de 994 casos. Em 1996, foram notificadas na Alemanha, 1021 casos de malária (1,25 casos por 100 000 habitantes) representando um aumento global de 9% em relação a 1995. Este aumento foi particularmente pronunciado durante o segundo e terceiro trimestre de 1996. As maiores taxas de incidência, em 1996, foram observadas em Berlim (121 casos; 3,49/100000) e em Hamburgo (93 casos; 5,44/l00 000). Em Hamburgo, mais de 60% dos casos foram de residentes não-alemães regressando de uma viagem internacional.

Loading

Article metrics loading...

/content/10.2807/esm.03.04.00104-pt
1998-04-01
2017-11-19
http://instance.metastore.ingenta.com/content/10.2807/esm.03.04.00104-pt
Loading
Loading full text...

Full text loading...

/deliver/fulltext/eurosurveillance/3/4/art00104-pt.htm?itemId=/content/10.2807/esm.03.04.00104-pt&mimeType=html&fmt=ahah
Comment has been disabled for this content
Submit comment
Close
Comment moderation successfully completed
This is a required field
Please enter a valid email address
Approval was a Success
Invalid data
An Error Occurred
Approval was partially successful, following selected items could not be processed due to error