1887
Surveillance report Open Access
Like 0
This item has no PDF Download

Abstract

A análise de Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA-c) produtores de leucocidina de Panton-Valentine adquiridos na comunidade, na Alemanha, mostra um padrão único de macrorestricção SmaI, diferente das estirpes epidémicas nosocomiais. Este padrão molecular é semelhante ao encontrado em estirpes de MRSA-c isoladas noutros países da União Europeia. Todos os isolamentos mostraram uma resistência ao ácido fusídico, o qual é codificado pelo gene far-1. Segundo os dados sobre a disseminação geográfica e a ocorrência temporal, esta estirpe parece ter emergido na Alemanha no segundo semestre de 2002, o que sugere uma disseminação ainda mais alargada. A emergência de MRSA resistente ao ácido fusídico é o primeiro indício da emergência de um clone de MRSA positivo para PVL.

Loading

Article metrics loading...

/content/10.2807/esm.09.01.00440-pt
2004-01-01
2017-11-17
http://instance.metastore.ingenta.com/content/10.2807/esm.09.01.00440-pt
Loading
Loading full text...

Full text loading...

/deliver/fulltext/eurosurveillance/9/1/art00440-pt.htm?itemId=/content/10.2807/esm.09.01.00440-pt&mimeType=html&fmt=ahah
Comment has been disabled for this content
Submit comment
Close
Comment moderation successfully completed
This is a required field
Please enter a valid email address
Approval was a Success
Invalid data
An Error Occurred
Approval was partially successful, following selected items could not be processed due to error